Post 1a

A arte para curar! Para cada tipo, um resultado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Dança, música, pintura, desenho, modelagem. Confira os benefícios de algumas das atividades usadas nas sessões

Modelagem em argila: por exigir que a pessoa use a força do bem para modelar a matéria-prima, é indicada para indivíduos que precisam tratar sentimentos guardados, como a raiva. Pessoas com tristeza profunda, por exemplo, muitas vezes não possuem a energia necessária para modelar a argila.

Pintura: escolhendo o material adequado, é possível usar a pintura para tratar diversos problemas. Pessoas que cobram demais a perfeição podem lidar com o acaso pintando em papel molhado, que irá se desintegrar independentemente do controle exercido. Já os indivíduos depressivos, devem ter à mão cores quentes, que correspondem à alegria e agitação.

Desenho: observando a criação de cada um, é possível identificar traços da personalidade. Pessoas tímidas, por exemplo, tendem a concentrar os pequenos traços nos cantos da folha. Para estimulá-las a ousar mais em suas criações, o arteterapeuta pode usar recursos externos, como música.

Posts interessantes

Autor

André Vidal

André Vidal é fisioterapeuta, formado pela Universidade Gama Filho. É especializado em Osteopatia pela Escuela de Osteopatia de Madrid e em outras técnicas.

Nenhum Comentário

Publicar Comentário

CAPTCHA


A Vidal é uma empresa jovem que nasceu com um conceito inovador, tendo como objetivo promover um atendimento diferenciado e personalizado aos seus clientes.