Post 3a

COMO DRIBLAR A ANSIEDADE?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

ALIMENTOS A vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a produção de cortisol (hormônio do estresse) e promove o bom funcionamento do sistema nervoso. “Também é recomendável o consumo de triptofano, aminoácido precursor da serotonina, hormônio responsável pelo sono, sensação de bem-estar e de saciedade. Ele está presente no leite e seus derivados, frutos do mar (camarão, atum, linguado, salmão, sardinha, bacalhau), aves, castanha de caju, amêndoas, nozes, feijão, ervilha, lentilha e amendoim”. Comer chocolate também alivia a ansiedade. Escolha o amargo, que neutraliza radicais livres, reduz o colesterol ruim e aumenta o bom. A quantidade ideal não deve passar de 30 gramas por dia. Em tempo, coma pequenas porções de 3 em 3 horas. Ficar muito tempo sem se alimentar pode causar ansiedade.

ATIVIDADE FÍSICA Melhora a oxigenação do cérebro e combate o estresse, um dos sintomas que desencadeiam a ansiedade. A prática de exercícios físicos regulares estimula a produção de endorfina, noradrenalina e serotonina, ajudando a normalizar o pensamento acelerado, a qualidade do sono e o equilíbrio do humor. Caminhadas, alongamentos e corrida de baixa intensidade para os iniciantes podem fazer muito bem!

APOIO DE AMIGOS E FAMILIARES “É importante partilhar seus problemas com pessoas de confiança. Elas o ajudarão a encontrar meios de atenuar os problemas”. A ansiedade, o pensamento acelerado e negativo pioram se você estiver sozinho. Empenhe-se em construir uma sólida rede social de familiares e amigos. Desabafar sempre faz bem.

PENSAMENTOS POSITIVOS Treine sua mente para esperar o melhor. Quando reconhecer um pico de ansiedade, tome água e tente se acalmar com pensamentos leves. E nunca, em nenhuma hipótese, automedique-se. Procure orientação médica e psicoterápica e siga à risca o tratamento.

MEDITAÇÃO A meditação mindfulness (conhecida também como “atenção plena”) pode mudar os estados do cérebro e aumentar a sensação de serenidade e bem-estar. Isso porque a técnica consiste em criar um estado psíquico no qual a pessoa fica atenta aos próprios pensamentos, sensações físicas e emoções sempre no momento presente.

YOGA E RESPIRAÇÃO PROFUNDA O ansioso respira muito rápido. A hiperventilação pode provocar sintomas como tontura, falta de ar, rigidez e formigamento nas mãos e pés. Ao respirar pelo diafragma, é possível reverter os sintomas e promover o relaxamento. Por isso a ioga é tão recomendada para quem sofre com o problema.

RELAXAMENTO MUSCULAR Quando a ansiedade vem, o corpo fica tenso. Tente relaxar contraindo e descontraindo os grupos musculares de seu corpo. Uma massagem relaxante com um profissional habilitado também ameniza o desconforto.

LAZER Busque fazer atividades que lhe dão prazer, tragam satisfação e muita alegria. Encontre os amigos próximos, passeie no parque, curta seus filhos e sua família. Filmes e leituras distraem o pensamento e evitam que você fique remoendo o passado ou preocupado demais com o que vai acontecer no futuro.

Posts interessantes

Autor

André Vidal

André Vidal é fisioterapeuta, formado pela Universidade Gama Filho. É especializado em Osteopatia pela Escuela de Osteopatia de Madrid e em outras técnicas.

Nenhum Comentário

Publicar Comentário

CAPTCHA


A Vidal é uma empresa jovem que nasceu com um conceito inovador, tendo como objetivo promover um atendimento diferenciado e personalizado aos seus clientes.