Post 3a

Perigo: risco de alergia aumentado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

A alergia alimentar pode ser potencializada com as chamadas reações cruzadas entre alimentos. Isso acontece quando alimentos possuem as mesmas propriedades, mais especificamente, as mesmas cadeias protéicas. Um exemplo comum é quando a criança tem alergia ao camarão. Caso ela respire pó doméstico que contenha restos de barata ou ácaros, a inalação dessas partículas pode fazer com que a criança tenha uma reação alérgica, como se estivesse comendo o próprio camarão. Para que você fique atento aos possíveis riscos de reação cruzada, selecionamos alguns exemplos:

 

Alimento Risco de reação cruzada com:
Amendoim ervilha, lentilha, feijão e soja
Nozes castanha-do-brasil e avelã
Salmão peixe-espada e linguado
Camarão caranguejo e lagosta
Trigo centeio e cevada
Leite de vaca carne bovina e leite de cabra
Pólen maçã, pêssego e melão
Látex kiwi, banana e abacate

Posts interessantes

Autor

André Vidal

André Vidal é fisioterapeuta, formado pela Universidade Gama Filho. É especializado em Osteopatia pela Escuela de Osteopatia de Madrid e em outras técnicas.

Nenhum Comentário

Publicar Comentário

CAPTCHA


A Vidal é uma empresa jovem que nasceu com um conceito inovador, tendo como objetivo promover um atendimento diferenciado e personalizado aos seus clientes.